V Fórum Nacional de Agronegócios no Brasil discute ética, inovação e eficiência em Brasília

 

No último dia 7 de dezembro de 2017 aconteceu no Senado Federal o V Fórum Nacional de Agronegócios no Brasil: Desafios e Oportunidades – Ética, Inovação e Eficiência. O evento teve como objetivo estimular e fortalecer a discussão sobre a formação de políticas públicas que envolvam ética, inovação e eficiência, em favor de um agronegócio mais competitivo e sustentável.

“Trazer ao Congresso Nacional reflexões para orientação de diretrizes que converge ética e eficiência em Gestão de Agronegócio, é momento especial de impulsionar ainda mais o Setor.   Fico otimista e contente em fazer parte deste grupo, junto aos senhores e tantos que acreditam e se dedicam ao Agronegócio de Crescimento Responsável”, pontuou a presidente do Instituto Brasileiro de Ação Responsável e Diretora Executiva da Agência Íntegra Brasil, Clementina Moreira Alves, na abertura do evento.

“A responsabilidade de alimentar o mundo vai ser do Brasil”, ressaltou o senador Waldemir Moka (PMDB/MS). Ao dar início à mesa de abertura no evento, o parlamentar, que é presidente da Frente Parlamentar do Cooperativismo, defendeu, ainda, que o agronegócio é o responsável pelo superávit do Brasil. “Somos os únicos com clima e terra favoráveis. Só de carne exportamos U$ 7 Bilhões, e não conseguimos R$ 500 mil em programa de vigilância sanitária. Temos que investir na inovação. É necessidade”.

Ciclo de palestras

Para o chefe da Secretaria de Inteligência e Macroestratégia da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Elísio Contini, muito se deve ao setor do agronegócio. “Sem o saldo da balança comercial do agronegócio, o dólar já estaria custando mais de R$5 para o Brasil”, destacou. Ele chamou à reflexão o que considerou como pontos negativos para o crescimento do setor, como a reforma agrária, a política de se segurar o homem no campo, a exclusão de pequenos produtores, a legislação anti-desenvolvimento, a falta de infraestrutura e as ideologias. “O mundo mudou e está diferente. Hoje temos bio, nano, geo e dados. E tudo isso impacta também no agronegócio”, lembrou.

A cobertura completa do evento, contendo fala de todos os participantes, bem como fotos e palestras, encontram-se disponíveis para acesso em www.acaoresponsavel.org.br.