ANDAV promove encontro com deputados e senadores da Frente Parlamentar de Agricultura em Brasília

Conselhor diretor ANDAV e membros da Frente Parlamentar da Agricultura

Evento marca a expansão das atividades da entidade para o âmbito político e o fortalecimento das conexões com as associações do setor

No último dia 17 de maio, diretores e executivos da ANDAV – Associação Nacional de Insumos Agrícolas e Veterinários – de todo o país estiveram reunidos em Brasília (DF) para o primeiro encontro com políticos que fazem parte da FPA – Frente Parlamentar Agropecuária – órgão responsável por levantar discussões e promover negociações de políticas públicas no âmbito do Poder Legislativo em prol do desenvolvimento do agronegócio nacional.

O evento, articulado pelo executivo da ANDAV em Brasília, Geraldo Mafra, marcou a primeira aproximação da associação com a frente parlamentar e, mesmo em meio a um momento de instabilidade política, inúmeras pautas, reformas e investigações em discussão e andamento no congresso nacional, contou com a presença e participação de políticos com grande representatividade ao setor.

A ocasião foi marcada pela apresentação da ANDAV, de seu trabalho, representatividade e resultados conquistados ao longo dos 26 anos de atividades da entidade junto ao player da distribuição de insumos agrícolas e veterinários.

“A visita é bastante oportuna e serve como aprendizado para desmistificar o relacionamento da entidade com o poder legislativo no Brasil. Sabemos da influência deste órgão e é nosso objetivo estreitar as relações com esses parlamentares. Nosso objetivo é colaborar com os deputados servindo como fonte de informação para assuntos relacionados à proteção da agricultura, do agricultor e de toda a cadeia produtiva. Para isso, esta aproximação é essencial”, destaca o presidente executivo Henrique Mazotini.

Participaram do encontro os deputados Jerônimo Georgen (PP- RS), Luiz Hiloshi Nishimori (PR-PR), Cláudio Cajado Sampaio (DEM- BA), Evair Vieira de Melo (PV- ES) e Célio Antônio da Silveira (PSDB – GO), além do diretor administrativo e financeiro do IPA – Instituto Pensar Agro, Itazil Fonseca Benício dos Santos.

O deputado federal Jerônimo Georgen aproveitou a oportunidade para abordar alguns temas que já tramitam na câmara como, por exemplo, o Projeto de Lei 2079/2015, que transforma o roubo, furto, contrabando e receptação de defensivos em crime hediondo. “Essa mobilização e integração junto com a frente parlamentar agropecuária é fundamental para fortalecer a pauta em comum que a ANDAV tem e que nós temos como ação política legislativa aqui em Brasília. Isso ajuda a evitar pontos negativos para a nossa economia”, ressalta o deputado.

Para o deputado Evair Vieira de Melo o setor ainda conta com inúmeros desafios que vão desde as ações no legislativo até a logística e distribuição. Por isso, debates deste tipo permitirão aproximação com o parlamento e, pela força da comissão de agricultura, vai construir um ambiente para que a ANDAV tenha sucesso. “Consolidamos uma parceria de colocar a Frente Parlamentar e a Comissão de Agricultura à disposição da ANDAV, para que possamos criar um ambiente de negócios e prosperidade, se a ANDAV for bem, o agronegócio brasileiro vai bem também”, aposta.

O evento seguiu com a apresentação das atividades do Instituto Pensar Agro (IPA) para toda comitiva da ANDAV. O IPA congrega 42 entidades representativas do setor produtivo rural que debatem estratégias para o desenvolvimento do agronegócio brasileiro, dando suporte aos trabalhos da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) que contém 240 deputados e senadores de diversos partidos, defensores do agronegócio.

O IPA existe desde 2011 e foi criado como uma associação de direito privado de âmbito nacional, sem fins lucrativos, para apoiar programas, projetos e organizações da sociedade civil que trabalham para o desenvolvimento e os avanços do setor agropecuário em articulação com as diversas áreas governamentais.